RSS

Lanús (ARG) 1 x 2 GRÊMIO (0x1)

JOGO de VOLTA da FINAL da LIBERTADORES 2017 (76)

Sem qualquer improvisação ou surpresa, o técnico Renato Portaluppi coloca em campo o que tem de melhor para tentar conquistar um título inédito para o clube e se tornar o primeiro brasileiro a ser Campeão da América como jogador e como treinador.

ESTÁDIO LA FORTALEZA

21h45

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Edilson (2), Geromel (3), Bressan (22) e Cortez (12); Jaílson (25), Arthur (29), Ramiro (17) e Fernandinho (21); Luan (7) e Lucas (18).

Cartões: amarelo para Edilson, aos 25. Segundo tempo: amarelos para Jailson e Cortez aos 25, quando da marcação do pênalti; amarelo e vermelho para Ramiro, por reclamação, aos 37; amarelo para Marcelo, por cera técnica, aos 46.

Gols: Fernandinho ganha uma disputa de bola ainda no campo do Grêmio, arranca em velocidade, ganha de todo mundo na corrida, e da entrada da área, na saída de Andrada, bate cruzado para abrir o placar, aos 26; Luan recebe a bola no meio do campo, avança em direção à área, engana três adversários, entra na área e na saída de Andrada dá uma cavadinha e manda a bola para as redes, aos 41. Segundo tempo: Sand cobrando pênalti, aos 26.

Trocas: segundo tempo: Michel (5) vem para o jogo no lugar de Arthur, aos 6; Cícero (27) vem para o jogo no lugar de Lucas, aos 30; Thyere (15) vem para o jogo no lugar de Bressan, que sente cãibras, aos 37.

*

No primeiro tempo o Grêmio não deixou que o Lanús exercesse seu futebol de toque de bola estrategicamente moldado para cansar o adversário e dar vantagem técnica na segunda etapa. No lance do primeiro gol, mérito de Fernandinho, que depois de um soqueio de Grohe tirando a bola da área não desistiu da jogada, dividiu e ganhou a bola do adversário, que entrou frouxo na bola.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

No início do segundo tempo o Lanús esboçou uma reação, chegou ao gol de desconto, seguiu pressionando em, busca de mais gols, mas o Grêmio soube se defender, colocando o regulamento embaixo do braço. O Grêmio terminou o jogo com um homem a menos, o árbitro deu cinco minutos de acréscimos, mas nem isso abalou a estratégia o time. Jogada de contra-ataque do Grêmio, arrancada de Fernandinho que dá a Luan, que dentro da área tenta nova cavadinha, a bola passa na frente do gol e daí à linha de fundo, aos 44.

O Grêmio conquista o título de TRI CAMPEÃO da AMÉRICA!!!!

.

.

*

Arbitragem: Enrique Cáceres (Fifa/PAR), auxiliado por Eduardo Cardozo (Fifa/PAR) e Juan Zorrilla (Fifa/PAR).

 Aos 25 do segundo tempo Jaílson derruba Acosta dentro da área, pênalti claro que o árbitro não hesita em assinalar.

Melhor do jogo: Luan.

V= 40/ E= 18/ D= 18


Your Comment