RSS

Libertadores 2019 – 2

Depois da largada com vitória fora de casa, o Colorado estreia em casa, diante de sua torcida. O técnico Odair Hellmann fez bastante mistério a respeito da escalação que começará a partida, e o que se sabe é que mais uma vitória dará ao seu time uma vantagem quase indesmanchável para a classificação à fase seguinte.

No BEIRARIO – 13.03.

21h30

INTER 2 x 0 ALIANZA LIMA

*

Primeiro tempo: começando com o Inter saindo para cima do adversário. Iago lançado na ponta esquerda, bate cruzado e Gallese manda a bola para escanteio, aos 2. Bate-rebate na área colorada que tem defesa parcial milagrosa de Marcelo Lomba no chão, na sequência a bola é retirada da área, aos 14. Odair optou por começar com Nonato e D’Alessandro no banco, mas uma lesão na virilha prejudicou Patrick, e Nonato acabou entrando ainda na primeira etapa. O Alianza ficou atordoado desde o primeiro minuto. Teve pelo menos um lance em que poderia ter descontado, mas esbarrou em uma grande defesa de Marcelo Lomba.

As equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Inter um pouco desconcentrado, o que deu ao Alianza um estímulo para atacar. Depois de alguns minutos pressionando, foi novamente dominado pelo dono da casa. Odair colocou mais dois jogadores que poderiam ter começado a partida, D’Alessandro e Pedro Lucas. A lesão de Patrick no primeiro tempo acelerou o processo que já se sabia, que Nonato tem que ser titular urgentemente. Nenhuma das duas equipes levou grande perigo ao gol adversário, mas o Inter não correu riscos ao longo da segunda etapa.

Gols: Nico López recebe a bola na intermediária pelo meio, ajeita para o pé esquerdo e chuta no canto inferior esquerdo do gol de Gallese, aos 7; Nico López recebe a bola na intermediária pela esquerda, protege-a de dois zagueiros e bate cruzado, a bola bate num dos zagueiros e engana Gallese, entrando no canto esquerdo, aos 19.

Resultado que deu ao Inter a liderança absoluta e isolada do Grupo A, cinco pontos à frente do terceiro colocado.

*

Árbitro: Jesus Valenzuela (Fifa/VEN), com Jorge Urrego (Fifa/VEN) e Lubin Torrealba (Fifa/VEN).

Público: pagante 39.411; total 42.524; renda R$ 1.806.983.

Melhor do jogo: Nico.


Your Comment