RSS

Muito Melhor

RECUO ESTRATÉGICO

Ninguém me perguntou, mas, como para mim isso não faz a menor diferença, quero dizer que definitivamente um dos fatores mais importantes para uma boa qualidade de vida é não desafiar a natureza e tanto quanto possível dormir cedo e acordar cedo.

O dormir cedo que eu digo não é nenhuma aberração. Entre 23 e 24 horas está bom, para começar. Isso permite levantar entre 7 e 8 horas. A parte de levantar cedo pode até ficar em aberto, para menos, uma vez que muitas pessoas se sentem bem com entre 6 e 7 horas de sono. Que seja. Um sujeito que durma por volta de 23:30 acorda bem às 6:30.

Bom.

Depois de pelo menos duas noites passadas em claro, nas férias, admito com alegria o abandono da ideia de passar pelo menos uma noite lendo, escrevendo, etc. A ideia até é boa, mas inaplicável: a Natureza foi sábia em sua determinação (e eu sempre acreditei nisso) de que a noite foi feita para dormir, não o dia. Meus colegas e todas as outras pessoas que trabalham de madrugada que me desculpem. No meu caso, nem voluntariamente quero tentar a experiência. A involuntária já foi suficiente.

A maior prova disso foi que não li nem escrevi uma linha sequer durante as madrugadas. E não foi porque não me lembrei. Muito pensei e nada fiz a respeito. Ficar brincando no Need For Speed falou mais alto do que tentar me concentrar em leitura. E isso que a leitura na madrugada até poderia ter me induzido ao sono. Ficou provado, para mim, que no meu caso a madrugada não é o melhor horário para raciocinar de pé. Coloco ênfase na questão de pé, porque se ficar deitado no escuro, na cama, sou capaz de passar a noite raciocinando sem conseguir dormir.

Acho que até poderia transferir a questão para a parte física da história: ficar deitado ou jogando Need implica ficar acomodado em posições melhores do que sentado à mesa para escrever ou ler. Na madrugada isso incomoda. Às 11 e pouco da manhã, com luz natural, é mais natural.

Enfim, estou de volta às noites de sono.


Your Comment