RSS

Paraná 0 x 0 GRÊMIO

6ª RODADA do BRASILEIRÃO 2018 (32)

Com quase um time inteiro no departamento médico, o Tricolor vai à Vila Capanema começa a rodada na quinta posição com o que tem de melhor dadas as circunstâncias, sem o zagueiro convocado para a Seleção Brasileira, dispensado que foi para passar o final de semana com a família antes da apresentação. O adversário é o lanterna da competição, o que aumenta a responsabilidade gremista, mesmo com formação mista.

No DURIVAL BRITTO – 20.05.

16h

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Léo Moura (2), Bressan (22), Kannemann (4) e Cortez (12); Maicon (8), Jailson (25), Ramiro (17) e Maicosuel (18); Luan (7) e André (90).

Cartões: segundo tempo: amarelo para Pepê, aos 42.

Trocas: segundo tempo: Cícero (10) e Pepê (33) vêm para o jogo nos lugares de Jailson e Maicosuel, aos25; Lima (13) vem para o jogo no lugar de Léo Moura, aos 34.

*

Primeiro tempo começando com o Grêmio exercendo seu toque de bola sem que o Paraná toque nela no primeiro minuto e meio de jogo. 13 minutos: o Grêmio continua mandando tecnicamente na partida, embora seja de certa maneira tecnicamente anulado pelo ferrolho montado por Rogério Micale para quando seu time não tem a bola. Teve o único chute a gol até o momento, embora a bola tenha passado por cima do gol de Marcelo Grohe. O Paraná especula bem nos contra-ataques. 26: o Grêmio consegue cavar faltas próximas à área paranista, mas desperdiça as cobranças. André joga isolado na frente, a bola não chega nele. Jailson faz boa partida. 39: segue a inoperância do ataque gremista ante a forte retranca adversária. André conseguiu cabecear uma bola por cima do gol em uma cobrança de falta, e foi só. Maicosuel tem mais uma atuação apagada e é candidatíssimo a sair, não no intervalo, que o Renato não é de trocar na pausa, mas ele com certeza não termina a partida. E por seu lado, Luan está sendo caçado em campo pelo time paranista e o árbitro não coíbe. Concordo com a afirmação de que falta iniciativa individual para o Grêmio. O primeiro tempo termina com 75% de posse de bola 0% de efetividade gremista.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo começando c om a mesma dinâmica de todo a primeira etapa. 14 minutos: nada se altera no futebol que as duas equipes apresentam, em relação ao primeiro tempo. Cai de maduro que o técnico Portaluppi precisa promover mudanças para tentar modificar um pouco a dinâmica da partida. Até então o Grêmio não tem nenhuma chance clara de gol. O Paraná muito menos. 30: as substituições promovidas pelo técnico gremista não surtiram nenhum efeito, e foi o Paraná quem mais uma vez teve um chute que passou por cima do gol de Marcelo. O Grêmio não chuta nem quando a frente abre. Cruzamento de Ramiro da direita, bola alta na área paranista, onde Lima sem marcação cabeceia para defesa de Thiago Rodrigues, aos 36. O Grêmio exerce forte pressão no final da partida, perde gols em sequência e não se aproveita do melhor preparo físico. Faz poucas jogadas pelos flancos, facilitado o trabalho da retranca adversária pelo meio. Chute cruzado de Lima da direita que o goleiro espalma para escanteio, aos 51. A torcida paranista comemora o empate; a gremista lamenta os pontos perdidos contra o lanterna.

Resultado que rebaixa o Grêmio em duas posições, ficando em sétimo, podendo cair ainda mais até o final da rodada.

*

Arbitragem: Rodrigo Batista Raposo (CBF/DF), auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF/DF) e Luciano Benevides de Sousa (CBF/DF).

Depois de muito relutar, o árbitro finalmente aplicou cartão amarelo para alguém pela sequência de faltas sobre Luan, aos 42. Depois deixou de mostrar também para Jhony Lucas em falta sobre Marcelo Grohe. 

Público: pagante …………………; total …………………….; renda R$ …………………….

Melhor do jogo: Maicon.

V= 16/ E= 9/ D= 7


Your Comment