RSS

Preguiça Fatal

PERDA TOTAL

Outro dia tive duas boas ideias sobre coisas para escrever.

O problema foi que elas apareceram depois de eu apagar a luz para dormir. E aí eu cometi o maior erro que o cara que tem ideias pode cometer: não anotei. E não foi por não ter material à mão. O que não falta à minha volta quando estou na cama é papel e caneta. A minha é a típica cama do escritor fora da casinha. Se não escrevo é por preguiça de reacender a luz e fazer anotações. E depois o que se seguiu foi uma sequência de dias tentando lembrar de como meu pensamento formulou aquelas duas ou três frases que eu pensei ao apagar a luz e antes de dormir.

Nunca mais consegui recordá-las, nem na forma, nem no conteúdo. Ficou, entretanto, a sensação de perda porque, sem dúvida, elas eram boas. Eu não saberia sequer dizer se teriam alguma sequência se as tivesse anotado, pela singela razão de não recordar seu conteúdo.

O que posso afirmar, com certeza, é que pareceram importantes no momento em que eu as estava criando; pareceram importantes o suficiente para que eu ficasse vários e vários dias pensando nelas, em como seriam, o que diziam, aonde chegariam. E também foram importantes para que depois de tantos dias eu viesse aqui e escrevesse sobre elas. Escrever sobre frases que efetivamente se pensou é uma saída melhor do que escrever sobre não ter o que escrever, ou não saber o que escrever.

Todo mundo já fez isso, um dia.

Mas quantos de nós já tiveram o privilégio de sentar para escrever sobre frases que foram pensadas e depois esquecidas ao ponto de nunca chegarem ao papel, e mais, ao ponto de nunca mais poderem ser lembradas em sua forma original. Escrever sobre elas encerra a lição de que vale a pena fazer qualquer sacrifício, até perder o sono, para conservar vivo um conjunto de pensamentos por mais aleatórios e menos específicos que possam parecer no momento em que foram formulados.

O sacrifício pode vir a fazer parte de todo um processo criativo. E de mais a mais sempre foi pensando nisso que cerquei minha cama de papeis e canetas.


1 Comments Add Yours ↓

  1. Picida Ribeiro #
    1

    Ficarei atenta..
    E quanto a suas ideias esquecidas,acho que elas voltam..de repente



Your Comment