RSS

Quartas de Final do Gauchão 2019 – 1

É verdade que não existe jogo jogado, mas desde o meio da semana o Inter demonstra confiança em seu poder de fogo anunciando time misto para o primeiro confronto das quartas, o que não chega a causar grande surpresa em face da enorme diferença técnica entre os elencos e pelo fato de o segundo jogo ser no Beira-Rio.

No ESTÁDIO do VALE – 23.03.

19h

NOVO HAMBURGO 0 x 2 INTER

*

Primeiro tempo: com estudos de lado a lado, mas o Inter toma a iniciativa. Os primeiros minutos deixam bem claras as deficiências técnicas do Novo Hamburgo, já que os erros se sucedem na saída de bola, favorecendo a recuperação por parte do Colorado. Jogada de Nico López pela esquerda que termina em chute de Guilherme Parede da entrada da área que Gustavo pega no chão, no canto direito, aos 15. Chute de Amaral da intermediária, livre de marcação, que vai no pé da trave direita do gol de Lomba, e daí à linha de fundo, aos 23. Neuton cobra falta da intermediária pela direita, chute rasteiro que Lomba pega no meio do gol, no chão, aos 39. Chute de Leandro Cearense que Lomba defende no canto inferior esquerdo, no chão, aos 39. Não houve nenhuma grande superioridade técnica de uma equipe sobre a outra. Nem mesmo as melhores oportunidades do Novo Hamburgo foram realmente assustadoras, com exceção do chute que pegou no pé da trave. O Inter se ressente da falta de um articulador e o Nóia erra tanto que chegou a rolar um bate-boca acirrado entre o zagueiro Fred e o goleiro Gustavo. Jogo muito ruim.

As equipes voltam com alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Novo Hamburgo tentando propor o jogo, já que o Inter aparentemente está sem forças. O Nóia não teve competência para chegar ao gol colorado e pagou o preço de sofrer gol qualificado. As alterações promovidas por Odair Hellmann deram resultado. A segunda etapa foi quase tão ruim quanto a primeira, com a diferença de que o Inter conseguiu superar as próprias deficiências e fez o placar que precisava para se garantir na semifinal.

Gols: segundo tempo: jogada colorada pela esquerda, Nico López recebe a bola de costas para o gol, gaz o giro e bate cruzado metendo a bola entre o goleiro e a trave direita, aos 28; Tréllez faz parede na meia lua e Sarrafiore vindo de trás, pouco além da meia lua, bate forte, bola no ângulo superior direito do gol de Gustavo, aos 38.

Resultado que dá ao Inter a vantagem de poder perder por um gol de diferença na partida de volta, na quarta-feira, no Beira-Rio. O Novo Hamburgo com este resultado praticamente se despede do campeonato.

*

Árbitro: Jonathan Pinheiro, com Leirson Peng Martins e Michael Stanislau.

Público: pagante ………………….; total …………………….; renda R$ ……………………...

Melhor do jogo: Nico López.


Your Comment