RSS

SÃO PAULO 1 x 1 GRÊMIO (1×2)

34ª RODADA do BRASILEIRÃO 2018 (69)

Confronto direto entre o quarto e o quinto colocados que pode definir quem ficará com a última vaga direta para a Libertadores de 2019. O time da casa demitiu o treinador na rodada anterior, e muita gente vai entrar em campo querendo mostrar serviço. Jogo encaroçado para o Tricolor.

No MORUMBI – 15.11.

19h

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor (48); Madson (21), Paulo Miranda (28), Geromel (3) e Cortez (12); Michel (5), Maicon (8), Ramiro (17) e Jean Pyerre (31); Everton (11) e Jael (9).

Primeiro tempo: começando com o São Paulo procurando atacar, e já tendo um chute a gol, que vai pela linha de findo, a 40 segundos. O São Paulo detém maior posse de bola, e por isso tem também controle da partida. Como o esquema do Grêmio não é de favorecer o centroavante e não há um jogador que desequilibre, o que se pode esperar é que não haja maiores opções ofensivas da parte do Tricolor. A lesão de Paulo Miranda não estava nos planos, mas o técnico compensou não fazendo uma troca de seis por menos de meia dúzia (num primeiro momento o cogitado para entrar foi Marcelo Oliveira) e deu mais consistência ao meio de campo, onde o São Paulo domina.  Cobrança de falta de pé trocado da intermediária pela direita, que Arboleda cabeceia na área e Paulo Victor defende no canto esquerdo sem problemas, aos 27. Helinho tabela com Trelles, que entra na área pela direita e bate cruzado, rasteiro, para defesa de Paulo Victor, no chão, no meio do gol, aos 42. O Grêmio escapa de levar um gol aos 45 numa cobrança de falta. Everton recebe uma bola na entrada da área pela direita, ele puxa para o lado esquerdo e bate cruzado para defesa de Jean no canto inferior direito, aos 46.

De modo geral o Grêmio não fez um bom primeiro tempo. O trabalho defensivo foi bom, com alguns percalços, mas do meio para a frente o time não existiu. Ramiro, Jean Pyerre, Everton e Jael não participaram do jogo. Faltou a troca de passes e sobraram tentativas de lançamentos de longa distância. Foi mal, enquanto o São Paulo, apesar da falta de pontaria, atacou bastante e levou muito mais perigos ao gol gremista.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: segue o São Paulo atacando o Grêmio na retomada das ações. Jogada do ataque gremista que termina com Arboleda salvando uma bola cruzada de Jean Pyerre quase de dentro do gol, aos 7. O Grêmio apresenta uma pequena melhora na postura, parando de só se defender e passando  a atacar. Diz-se que um dos motivos da demissão de Diego Aguirre foi a deficiência.na preparação física do time (ele não abre mão do preparador físico), e o Grêmio parece estar se aproveitando desta característica, enquanto a torcida São Paulina começa a vaiar a equipe. Com a infelicidade da defesa gremista no gol de empate, o São Paulo volta a crescer no jogo. Chute cruzado, fraco, de Shaylon, que Paulo Victor pega no canto inferior direito, aos 35. Chute de Reinaldo da intermediária pelo meio que Paulo Victor pega no chão, no meio do gol, aos 47.

Cartões: amarelo para Everton, aos 17, em lance em que não houve falta por parte do jogador gremista. Segundo tempo: amarelo para Jael, aos 46.

Gols: segundo tempo: Madson lançado por Ramiro na ponta direita em velocidade, vai à linha de fundo, faz cruzamento por cima e do outro lado, Everton sobe para cabecear e mandar a bola para as redes, aos 11; jogada de contra-ataque do São Paulo, Everton faz cruzamento da esquerda, Paulo Victor demora para sair, e Michel de cabeça faz gol contra, aos 29.

Trocas: Paulo Miranda sente lesão muscular e precisa deixar o campo, sendo substituído por Matheus Henrique (32) vem para o jogo, aos 16. Segundo tempo: Cícero (77) vem para o jogo no lugar de Maicon, que sente lesão no posterior da coxa esquerda, aos 14; Alisson (23) vem para o jogo no lugar de Jean Pyerre, aos 27.

O resultado mantém o Grêmio na quarta posição, na frente do São Paulo pelos critérios.

*

Arbitragem: Péricles Bassols Pegado Cortez (MTR/PE), auxiliado por Clóvis Amaral da Silva (AB/PE) e .Marcelino Castro de Nazaré (AB/PE).

Público: total 24.757; renda bruta R$ .759.161,00; renda líquida R$ 460.862,20.

Melhor do jogo: Everton

V= 35 E= 18 D= 16


Your Comment