RSS

Série B do Brasileirão 2017 – 20

Depois da terceira vitória seguida todo o ambiente no Beira-Rio parece ter se modificado. O treinador ganhou fôlego para implementar as mudanças e administrar a boa dor de cabeça de ter que administrar a utilização de D’Alessandro e Camilo juntos no meio campo, ou a questão entre Sasha e Pottker no ataque. O futuro de Nico López continua uma incógnita.

No BEIRARIO – 12.08.

16h30

(3) INTER 3 x 1 LONDRINA (0)

Gols: segundo tempo: D’Alessandro cobra falta da esquerda, bola alta na área do Londrina e Victor Cuesta ganha da zaga, mandando a bola de cabeça para o canto inferior esquerdo do gol de César, aos 3; jogada do Londrina pela esquerda, sai o cruzamento para o meio da área, a bola atravessa a área e do outro lado Bidia entrava cara a cara com Danilo, que nada pôde fazer, bola no canto direito, aos 23Camilo cobra escanteio da direita, bola alta na área do Londrina, e Klaus, vindo de trás, pula sozinho para de cabeça mandar a bola no canto inferior esquerdo para desempatar, aos 33; cobrança de escanteio de Camilo da esquerda, bola alta na área do Londrina, e do outro lado Klaus estava sozinho para cabecear, aos 36.

*

Primeiro tempo começando com pressão avassaladora do Colorado para cima do adversário. Chute de Victor Cuesta da intermediária que o goleiro espalma para escanteio, aos 3. O Inter foi dono do jogo ao longo de todo primeiro tempo. Foi quem teve a maior posse de bola, passou a maior parte do tempo no campo do Londrina, que teve muito poucas oportunidades de atacar. Danilo Fernandes não fez muito mais do que algumas poucas intervenções. Faltou criação ao time do Inter. O Londrina teve uma única chance de contra-ataque para abrir o placar, mas a finalização passou longe do gol colorado.  Faltou uma maior qualidade às duas equipes.

As equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo começando com a mesma dinâmica do primeiro tempo inteiro, o Inter em cima do adversário. Jogada de ataque do Inter que acaba cm chute de Cláudio Winck que o goleiro manda para escanteio no canto inferior esquerdo, aos 7. D’Alessandro cobra escanteio, a bola faz uma curva e vai no travessão, quase gol olímpico, aos 8. Danilo Fernandes faz uma intervenção de barriga, aos 12. Jogada do ataque colorado que termina com o goleiro César fazendo defesa milagrosa e a bola indo a escanteio, aos 36.

O Inter se garante na segunda posição, três pontos abaixo do América-MG.

*

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (CBF/DF), com José Reinaldo Nascimento Junior (CBF/DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF/DF).

Público: pagante 30.502; total 36.092; renda R$ 744.437,00.

Melhor do jogo: Klaus.


Your Comment