RSS

Série B do Brasileirão 2017 – 4

Agora com Guto Ferreira à beira do gramado, o Colorado volta a defender a meta de voltar à Série A depois da eliminação da Copa do Brasil. O adversário reforçou o elenco com 12 contratações depois do Gauchão e tem tradição de grandes confrontos com o anfitrião.

No BEIRARIO – 03.06.

19h

INTER 1 x 1 JUVENTUDE

Gols: segundo tempo: jogada de ataque pela esquerda, falha da zaga do Juventude, a bola sobra para Nico, que bate cruzado, sem chance de defesa para Matheus, aos 2; jogada trabalhada pela direita, sai o cruzamento, Thiago Marques sobe mais do que todo mundo e no meio da área cabeceia para baixo e manda a bola no canto inferior direito do gol de Danilo, aos 38.

*

Primeiro tempo: o Internacional começa o jogo pressionando, e nem poderia ser diferente, mas foi Thiago Marques quem perdeu a primeira real chance de gol, aos 2 minutos. Enquanto o Inter segue pressionando o Juventude além das dificuldades defensivas tem outras tantas para atacar. Depois do lance inicial aos dois minutos só conseguiu atravessar a linha do meio de  campo na base do chutão. Com bola rolando, impossível, o Inter não deixa. Até os 39 os goleiros não tinham feito mais do que intervenções, quando Bruno Colasso bateu uma falta que passou no meio da barreira e Danilo teve que fazer uma defesa ao pé da trave direita, mandando a bola para escanteio. Aos 42 numa falha geral da zaga colorada Caprini ganha de Danilo e bate para o gol, com Edenílson salvando em cima da linha. Ao final da primeira etapa, com toda a posse de bola e poderio ofensivo colorado, foi o Juventude quem teve as duas melhores e claras oportunidades de abrir o placar. A demora em fazer um gol jogando diante da torcida parece ter levado os jogadores colorados ao nervosismo, o que favoreceu o jogo por uma bola do Juventude. O empate do primeiro tempo gerou vaias da torcida colorada.

O Inter volta com Carlos no lugar de Uendel e o Juventude com Ramon no lugar de Caprini.

Segundo: o segundo tempo está rolando com muita correria e muitos erros de passes. A mudança promovida por Gilmar Dalpozzo acabou se revelando uma troca de seis por meia dúzia, porque Caprini não jogara nada no primeiro tempo e Ramon não entrou no jogo, pelo menos até os 17 minutos. Depois Gilmar coloca Diego Felipe no lugar de Fael. O Inter perdeu um segundo gol numa jogada pela direita em que Pottker cruza de dentro da área e Carlos conclui por cima, quase embaixo do gol, aos 22. Aos 23 Danilo faz mais uma defesa ao pé da trave direita em chute cruzado de Ramon, cedendo escanteio. Juninho chuta fraco, cruzado da intermediária pela direita e Danilo faz defesa fácil, aos 24Quando Nico López dá sinais de cansaço Guto Ferreira chama Eduardo Sasha para recompor a peça ofensiva de três atacantes. Danilo fez mais um milagre aos 35, mas a jogada já estava parada por impedimento de Thiago Marques. Contra-ataque em alta velocidade, dois contra um, Thiago Marques dá a bola para Diego Felipe na esquerda, sai o chute e Danilo faz outra defesa milagrosa no canto esquerdo, no chão, aos 40. Cobrança de escanteio da esquerda, a bola é tirada da área e sobra para Ramon, que da intermediária dá um chute muito forte que Danilo defende em dois tempos, aos 44. Por ter errado o tempo de bola no lance do gol do Juventude e por ter dado uma rosca para trás e que cedeu escanteio ao Juventude depois, Léo Ortiz se tornou o bode expiatório da torcida colorada, sendo vaiado a cada vez que tocava na bola.

O empate que gerou uma vaia gigantesca da torcida colorada e muita festa da torcida do Juventude manteve este último na terceira colocação, enquanto o primeiro se manteve na décima posição.

*

Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (CBF/SP), com Anderson José de Moraes Coelho (CBF/SP) e Bruno Salgado Rizo (CBF/SP).

O árbitro é o mesmo que expulsou Marcelo Grohe por cera técnica na Arena da Baixada. Ao longo do primeiro tempo distribuiu vários cartões amarelos justos por faltas cometidas por jogadores das duas equipes e um por reclamação, adivinha de quem? Claro, aquele que gosta de apitar paralelamente, D’Alessandro, aos 44.

Público: pagante 16.252; total 18.626; renda R$ 396.893,00.

Melhor do jogo: Danilo.


Your Comment