RSS

Sin Surpresa

REAL CAMPEÃO do MUNDO

Como torcedor do Grêmio em 2017 já me dou por satisfeito com o fato de o time ter chegado à final do Mundial de Clubes. O último jogo do ano não é o mais importante. Claro que ser Campeão do Mundo tem relevância, mas é preciso ser realista: na comparação com o Real Madrid, as duas partidas mais importantes do Grêmio ao longo do ano foram a final da Libertadores contra o Lanús, em Porto Alegre, e a semifinal contra o Pachuca, em Al Ain. O que acontecer ao final deste jogo, que eu acho que será a segunda colocação na competição, já estará de bom tamanho para o Tricolor.

É coisa que vamos ficar sabendo ao longo do jogo que começa agora, com saída para o Real.

O Real tem maior pose de bola, o que era esperado. O Grêmio está fazendo faltas fortes, na tentativa de conter o ímpeto do adversário. As duas equipes fazendo marcação alta, no campo do adversário. O Real Madrid Já estava transformando Marcelo na figura do jogo, aos 21 minutos.

Luan, Fernandinho e Barrios não entraram em campo. O Grêmio não tem meio de campo. Do meio para a frente não tem ninguém jogando, no time do Grêmio. E o Real perdendo oportunidades uma atrás da outra.

O intervalo com o jogo em zero a zero foi mais preocupante para o Real, que teve quase total domínio das ações, do que para o Grêmio, que correu o tempo todo atrás. Apesar da posse de bola e controle do jogo, o único cartão amarelo da primeira etapa saiu para Casemiro, volante brasileiro do Real Madrid. Para nós a pior parte é que Renato não costuma mudar no intervalo.

A insistência com Barrios cobrou seu preço até depois do gol do Real, uma bola que passou entre o centroavante e Luan, que pularam errado e abriram espaço. A bola enganou Marcelo Grohe, que não teve culpa. Já o técnico demorou para substituir, colocando Jael, que mal entrou e já começou uma polvadeira no ataque. O Real passou a dominar ainda mais, depois do gol.

Como sempre, Marcelo Grohe e Pedro Geromel se destacaram, evitando que o Real impingisse uma goleada. O resultado não chegou a surpreender, como eu havia escrito antes da partida. Espera-se agora que a diretoria gremista se dê conta de que para o ano que vem é preciso investir pesado em atacantes, porque do meio para trás o time não é ruim. Falta poder ofensivo, tanto que ao longo da transmissão mal se escutou os nomes de Barrios, Luan, Jael e Everton.

O tricampeão da América precisa se reforçar.


Your Comment