RSS

Vem por Aí

EM GESTAÇÃO

Chega o momento em que todo mau hábito deve chegar ao fim, e para mim está começando a desaparecer o de estocar papel para escrever. Mesmo não querendo, tenho publicado mais material escrevendo direto na telinha do que montando rascunhos. No momento até estou montando um, mas isso porque estou em casa, de folga.

Apesar de toda a tendência para guardar todo e qualquer papel que eu olhe e perceba que pode ser usado ara a criação de textos, também está ocorrendo uma diminuição não só no volume quanto no tamanho dos papeis, já que a maioria do que tem entrado são notas de compras e comprovantes de registro de ponto na Procergs.

De maneira geral, apenas as faturas dos cartões de crédito, contas de telefone e alguns impostos ainda vêm no papel. O boleto de condomínio, a fatura do gás. Uma das faturas e os extratos dos consórcios eu recebo pelo e-mail e imprimo usando outros papeis mais antigos que foram separados justamente para isso. Raramente utilizo papel novo para quaisquer dessas atividades.

Mas independentemente do uso que venha fazendo deste material há uma outra tendência até bem pouco tempo inimaginável: a de que eu simplesmente me desfaça de boa parte do estoque, sem olhar para trás. Seria uma mudança de comportamento bastante radical.

Difícil, mas não impossível.


Your Comment