RSS

- O DESAFIO da LEITURA

Até Onde Você Vai?

Dia 124 – 2022

Quarta

E o LIVRE PENSAR

Em um mundo perfeito, a relação entre opinião privada e opinião pública seria basicamente como um espelho. Na melhor das hipóteses, a opinião pública é um espelho para nós e reflete exatamente quem somos. O que as “ilusões coletivas
fazem com esse relacionamento é transformá-lo em uma casa de espelhos. Você ainda está vendo a si mesmo, mas está distorcido de uma maneira que o torna quase irreconhecível.

Uma ilusão coletiva é uma situação em que a maioria das pessoas de um grupo concorda com uma ideia com a qual não concorda, simplesmente porque acredita incorretamente que a maioria das pessoas do grupo concorda com ela. A maioria das pessoas em um grupo acredita que a maioria pensa algo que eles não pensam. Levam os indivíduos a tomar decisões contrárias aos seus valores particulares.

E como resultado, todo o grupo pode acabar fazendo algo que quase ninguém quer, o que é fatal para a sociedade livre. Existem maneiras de confirmar esta hipótese, e um deles é perguntar a um indivíduo o que ele pensa sobre determinado assunto e o que ele acredita que a maioria das pessoas diria sobre a mesma pergunta. Por exemplo, o que a pessoa  acha sobre manifestações de racismo no futebol, ou a tentativa de agressão de um jogador a uma árbitra que o expulsa por dar uma cotovelada num companheiro de profissão.

As respostas podem trazer à tona ilusões coletivas de toda uma sociedade.

Elas parecem estar em quase todos os lugares para onde olhamos – desde o tipo de vida que queremos viver, ao país em que queremos viver, à maneira como queremos tratar uns aos outros. E até o que esperamos de nossas instituições, da educação ao local de trabalho. A consequência mais prejudicial é que uma ilusão em uma geração tende a se tornar a opinião privada da próxima.

Uma das ilusões coletivas mais importantes que já descobrimos tem a ver com a maneira como as pessoas definem uma vida bem sucedida. Acontece que a grande maioria do público acredita que a maioria das pessoas se preocupa com riqueza, status e poder, quando, na verdade, o oposto é verdadeiro. A grande maioria do público pode até pensar nisso com relação a políticos, celebridades e outras pessoas de destaque, mas pensar que a maioria das pessoas busca aquelas situações é uma ilusão.

Algumas pessoas tentam perseguir a fama porque acreditam que é isso que outras pessoas reconhecerão como sucesso. Mas aparentemente nossos netos e bisnetos (se não já nossos filhos) terão essa visão como sua opinião privada. Todos nós fazemos parte da criação e sustentação das ilusões. Mesmo quando acabamos discordando fundamentalmente, um desacordo verdadeiro é sempre melhor do que uma ilusão coletiva.

Estar ciente de que existem ilusões coletivas é o ponto de partida.

.

Sobre ilusões coletivas, clique aqui.

Se este post fez algum sentido para você, compartilhe-o com seus amigos, convide-os a visitarem. Deixe seus comentários e sugestões para temas. 

Obrigado.


Your Comment