RSS

Dia 004 – 2022

terça

Conforme mencionado em postagem anterior, ontem foi um dia em que não precisei subir na esteira para completar a meta de quatro mil passos diários. Fui a pé a dois mercados pela manhã, dei muitas voltas dentro de casa até o meio da tarde, quando tinha que sair para ir à dentista. Antes de voltar para casa demos outras tantas voltas dentro do Shoppíng/Zaffari São Pelegrino. Como sempre, a consulta não era em NP, mas em Caxias do Sul.

Hoje, entretanto, não vou escapar de fazer pelo menos dez minutos na esteira. Em compensação, ontem fiz uma auto observação enquanto caminhava, e já tenho uma estimativa da velocidade que é preciso imprimir no aparelho. A base é o tempo de menos de 15 minutos para chegar no Super Piá, caminhando lentamente.

**

Sobre a consulta com a dentista.

Agora essas pessoas nos colocam em cadeiras que quase nos viram de ponta cabeça, para facilitar o trabalho delas. Esta situação, para quem, como eu, não tem problemas com as brocas e têm alto limite para a dor, é como um convite para dar um cochilo. Com efeito, houve um momento em que a doutora brincou comigo, “o senhor está quase dormindo, né?“, e eu concordei.

A parte mais interessante disso é que eu dou um cochilo, mas a boca fica aberta, porque ao mesmo tempo em que estou caindo de sono tenho a consciência de onde estou e que não dá para fechar a boca. O que não significa que à noite eu durmo de boca aberta. Posso garantir que isso não acontece, nem mesmo quand0o os cochilos são dados quando estou sentado no sofá de casa. Cochilar de boca aberta, só na cadeira da dentista.

Quase falei para ela que sou do tipo de pessoa que adormece no tomógrafo.

Sobre o trabalho da doutora: muito bom.

O que sempre fica complicado de entender no trabalho desses profissionais é o porque de depois de terem nos preparado para o que eles têm que fazer (por exemplo, ontem a doutora colocou uma proteção dentro da minha boca que parecia uma dessas camas elásticas, quem sabe para evitar que eu fechasse a boca), quando estamos impossibilitados de falar, vêm perguntas do tipo “o senhor quer que coloque o sugador?

Para esses casos desenvolvi o hábito de fazer sinais de positivo com as mãos.

***

Sobre o que escrevi ontem a respeito da Unidade Real de Valor: a memória falha e eu não fiz pesquisa sobre o assunto. Olhando vários contracheques como este da imagem, a impressão que tenho é de que os salários pagos em URV não eram corrigidos, mas os valores convertidos na moeda que se tornaria o Real, sim, tinha correção, acho que semanal. Sei lá.

Não vou fazer pesquisa.

****

A estiagem na região da Serra está muito forte. Ontem choveu no final de tarde/início de noite pelo menos em Caxias e Nova Petrópolis. Estava com expectativa de usar a chuva ara terminar um serviço em um dos nossos veículos, mas precisava que fosse dia, e não noite. Agora pela manhã ainda há chuviscos, portanto ainda há esperança.

Para visualizar a imagem na íntegra clique no título da postagem, para abri-la individualmente.


Your Comment