RSS

Dia 10 – 2015 (008-292)

sábado

Horário brasileiro de Verão

11:29

Era de 22°C a temperatura na curva do Hipódromo, às 6:26. No momento da abertura deste post, faz 28 na região do Salgado Filho. A previsão é de máxima de 32°. Já tivemos até sol, ao longo da manhã, mas no momento a nebulosidade voltou, para dar força à expectativa dos 13 mm de chuva prevista. Vai saber.

No último post referente a sexta-feira faltou dizer (ou eu poderia ter escrito um novo) que houve um momento em que, ainda sem energia, fui para o quarto e deitei na cama com muitas revistas de palavras cruzadas, numerox, dominox, cripto, para aproveitar a luz remanescente vinda da rua, e aconteceu de eu começar a cair de sono em cima das revistas.

Só não sucumbi de vez porque a energia voltou quando eu estava quase mergulhando de corpo e alma no torpor de uma bobeira sem volta. Faltou muito pouco. Quando voltou a energia precisei vestir a roupa toda de novo.

Ontem teve episódio dublado de Helix, o que me levou a deitar no horário de sempre, e aí dei uma esticada na leitura, para forçar um pouco a barra do sono, mas, mesmo assim, acho que eu ou não dormi mesmo, entre 2 e 4 da manhã, ou foi aquele sono que parece que não é. Deu dificuldade, novamente.

Ao longo da manhã consegui ler a ZH de sábado em pouco mais de uma hora, terminando quase que exatamente às 8. Antes disso o telefone já havia tocado. Depois, enquanto fazia a digitalização de todos os outros textos, várias vezes foi preciso interromper, por causa do telefone de serviço, mas consegui também colocar tudo na telinha, para não ficar defasado demais. Agora dou uma guaribada neste texto, que é criado diretamente sem rascunho, já pensando em como será a tarde, que imagino curta, por uma razão fundamental: a ZH de domingo já estará disponível na rede antes das 17 horas.

Significa dizer que terei uma janela para almoçar e escrever um pouco antes do Paredão do Guerrinha, depois terei outra janela para andar na esteira e escrever mais um pouco antes de começar a ler a ZH digital. A ideia desta leitura sempre é a de adiantar um pouco a leitura da versão impressa na manhã do domingo de plantão, mas nada impede que leia quase toda, mas isso também depende do que vou ou não vou conseguir escrever, de tarde. E no domingo pela manhã dependo do que o telefone me deixa fazer ou não.

Entre hoje e amanhã também já é preciso pensar em como ficará a postagem de terça, porque as de segunda estão garantidas. Para terça preciso criar um post e estamos conversados.

Não tenho nenhum programa em especial para acompanhar na televisão, o que pode me facilitar a vida. Quanto a tentar dormir cedo, há controvérsias. Não há, contudo, com relação a este ser meu roteiro para o dia de hoje.


Your Comment