RSS

Dia 180 – 2012

quinta

Horário da Postagem

07:40

 Dia de amanhecer ensolarado, com temperatura estável na casa dos 13ºC às 6:27

4

QUE LÁSTIMA 

Mesmo tendo dormido cedo na noite anterior, na manhã de ontem houve momentos em meio ao treinamento, em que me vi quase tomado pelo sono. Mas consegui driblar a bobeira na hora do intervalo, que passei praticamente todo na rua, tomando sol com dois colegas. Na volta, para a segunda parte, já estava bem melhor.

Para hoje, em que outra parte da turma vai enquanto os que foram ontem permanecem no atendimento, também me preparei dormindo cedo na véspera. Se eu assistisse dois filmes na hora, como é o meu normal, ficaria co apenas um para gravar. Então fiz o contrário: programei dois e assisti apenas um.

Durante a tarde, enquanto assistia três das quatro gravações da noite de terça, claro que a bobeira quis me envolver de novo, mas resisti bravamente, terminei o terceiro filme antes de 16:30 e deixei o sono para a noite, como deve ser. Mais uma vez, deu certo: fui dormir depois de assistir o último episódio da temporada de C.S.I. Miami, c0locando em gravação os episódios de Castle (terceira temporada recém começada) e Smash (penúltimo da primeira temporada, e já digo assim porque espero que haja mais uma, pelo menos).

E não foi uma boa noite. Aquele sono que parece que não é e muita, muita muita azia, parece até que voltei aos tempos de adolescente, quando eu sofria com isso.

3

 VALE TUDO

Anteontem, na hora de ir embora depois de usar o micro, a filha estranhou o fato de eu rascunhar para o blogue em pequenos pedaços de papel, como se não conhecesse o jeito de ser do pai dela. Está ficando sem prática de mim, a guria.

É uma coisa que eu gosto, escrever em papeis pequenos, usar os lados internos das embalagens dos produtos (ela viu na pilha os pedaços de papelão da caixa desmembrada do roteador wireless que comprei junto com o notebook), não só pela questão da economia e reciclagem de papel (a parte séria da história) como pela ilusão de que assim escrevi bastante (uma das partas com as quais eu me divirto quando estou escrevendo).

O pior é que vou ficar me amarrando, usando apenas a parte da papelada que já está aqui comigo, mas sei que no final do ano vou mexer na caixa das contas pagas e retirar tudo que for anterior a 2008. Vão sair todos os recibos, comprovantes de pagamento e outros documentos com data até 31.12.2007, engrossando a fila dos papeis que serão reutilizados como rascunho.

Eu adoro isso.

2

 O RETORNO

No ano passado, por conta da quitação do Acordo Alfa, eu imaginava que o segundo semestre seria de alguma relativa tranquilidade do ponto de vista financeiro. Não foi, e valeu a pena não ter sido, por causa da instalação dos dois aparelhos split de ar condicionado. Este procedimento (volto a dizer), do qual não me arrependi um centavo sequer, foi determinante para que a recuperação demorasse um pouco mais.

Agora que se aproxima o início do segundo semestre de 2012, posso afirmar que a recuperação se dará em um período que compreenderá pouco mais de um mês, a partir de 1º de Julho, completando-se em 8 de Agosto, quando eu sair em férias. Um processo que levou bastante tempo, mais do que eu esperava, mas que agora, definitivamente, deixa o campo teórico.

1

 VIAJANDO

Às vezes, como aconteceu um dia desta semana, estou sentado no meio do tumulto, aqui no trabalho, mas mesmo assim me vejo com a caneta na mão, rabiscando alguma coisa nas folhas de caderno à minha frente.

Hoje estou aqui, com a cabeça já meio vazia, embora descansada, enquanto uma parte dos colegas se prepara para ir para o mesmo treinamento a que fui ontem, e não me vem nada na cabeça (ao mesmo tempo em que muitas ideias surgem), e mesmo que venha, a agitação e o telefone acabam me distraindo, me impedindo de levar qualquer ideia adiante.

Algumas vezes dá vontade de largar tudo e não escrever mais.


Your Comment