RSS

Dia 193 – 2013

sexta

Hora da Postagem

11:24

Desde a madrugada até o momento, o céu alternou períodos de sol e nebulosidade. Há previsão de 2 mm de precipitação. No início desta postagem a temperatura é de 18ºC, enquanto a máxima prevista está na casa dos 26º.

FOLGA 1

Trata-se de uma novidade, para mim, uma folga na sexta-feira. O normal é este mesmo, para quem vai estar de plantão no domingo: folga sexta e sábado. Eu é que normalmente troco a sexta pela segunda, com folga intercalada por um plantão no domingo (ou seja, voluntariamente faço folga sábado e segunda).

O acordo é que, para efeito de montagem da escala, em caso de necessidade da supervisão, como férias de colegas e nos feriados de final de ano, para ajeitar a vida de todo mundo eu eventualmente trabalhe na segunda, fazendo uma escala normal. Portanto, esta é uma dessas oportunidades.

A folga na sexta-feira tem, então, duas particularidades. Uma, a já acima descrita, de trocar a sexta pela segunda, que nesta vez não deu, e a outra, que é uma limonada que já vem pronta: eu não recebo jornal na sexta-feira. Significa dizer que depois de ter compartilhado a previsão do tempo no Facebook eu voltei para a cama e continuei dormindo até pouco depois das 8:30. Levantei, tomei café, agora estou escrevendo e não precisei ficar horas lendo o jornal.

Isso vai me causar um certo problema na segunda-feira, claro, porque vou ter um jornal para ler. E o movimento de segunda não é o mesmo de sábado e domingo, quando o plantão é de apenas duas pessoas (portanto eventualmente muito mais silencioso) e as ligações são poucas. Na segunda elas pipocam, não dão tempo nem de a pessoa respirar, às vezes. Como não tenho hábito de ler o jornal na parte da tarde, tudo indica, a rigor, que o máximo que vou fazer com a ZH de segunda é separar as palavras cruzadas.

Quanto à folga de hoje, em si, algumas questões deverão ser tratadas de maneira diferente de outras. Uma delas é a questão da comida. Minha semana de trabalho, que começará no domingo, se estenderá até o sábado seguinte. Serão sete dias corridos, e o que eu mais vou precisar ter em casa é comida pronta, ou, no máximo, coisa fácil de aprontar na hora. Se for seguir a lógica das semanas anteriores, o melhor dia para ir ao súper fazer compras, levando em consideração a questão da programação da televisão, é a terça. Sendo assim, o sábado é o melhor dia para lidar com comida. Se estivesse de folga na segunda, aquele seria o melhor dia. E ainda tenho que ligar para a Serdil e marcar hora para fazer o raio-x encaminhado pela Dra. Orto.

De tudo isso, fica que hoje vou me alimentar com o pouco de comida que está pronto desde o meio da semana anterior e mais alguma coisa congelada que estava na geladeira. Escuto os programas de esporte, como sempre, vejo televisão como sempre, se duvidar dou mais uma cochiladinha à tarde. Hoje não me importo de dormir tarde. No sábado pretendo seguir a mesma fórmula da semana passada, que no post de amanhã será relembrada.

E por enquanto era isso.


Your Comment