RSS

Dia 198 – 2012

segunda

Hora da Postagem

12:50

O dia apresenta uma nebulosidade forte, que se formou ainda durante a madrugada. Lá fora a temperatura se manteve estável, na casa dos C, enquanto o termômetro de parede permaneceu nos 14,7.

5

FOLGA 2

 Ainda escrevendo em colunas.

Hoje não pedi nada a Deus, de manhã cedo, mas Ele me concedeu em dobro o que havia pedido no dia anterior. Mas hoje até se justificou, porque a tecnologia quando não funciona por um lado, funciona por outro.

Quando a conexão de internet não se segura, sempre de pode apelar para or torpedos de celular (havendo créditos), e aí o tempo passa rapidamente. Tão rapidamente que junto com os minutos se vão também os créditos. 

 –

4

COBERTURA TOTAL

Ontem pela primeira vez fiz acompanhamento da rodada do Brasileirão usando o PC e o notebook ao mesmo tempo, e fiquei feliz por ter dado bem certinho como eu havia planejado.

A estratégia se deveu ao fato de que Grêmio e Inter jogaram no mesmo horário, e ainda havia outros jogos para acompanhar, no mesmo horário.

Ainda não comentei aqui, mas em 2012, para o segundo turno do campeonato, estou montando a tabela de maneiras a que apareçam os resultados dos confrontos do primeiro turno (porque a gente sempre vai querer saber como foram). Então, enquanto vou marcando os gols e resultados da rodada atual, já estou deixando pronta a tabela da rodada de volta, do segundo turno, com a indicação do resultado do confronto no primeiro.

Sabedor de que uma atualização em um dos dois equipamentos pode ser inadvertidamente revertida no outro, tomei o cuidado de dividir as tarefas em um e em outro, da maneira que segue: no notebook coloquei as telas de criação para acompanhamento dos jogos de Grêmio, Inter e os outros; no PC, as telas de visualização no blogue dos jogos da Dupla e a tela de criação da tabela do segundo turno dos outros confrontos.

Desta maneira podia atualizar os dados no note, visualizar a apresentação final no PC e atualizar os resultados da rodada atua dos outros no note, montando a tabela do segundo turno no PC. O resultado foi uma simultaneidade bem legal, e os dois equipamentos funcionaram perfeitamente, sem correria e sem muita perda de tempo nas atualizações.

Deu trabalho? Deu, e muito, mas foi legal. Entretanto foi uma situação que só pretendo repetir quando os jogos da Dupla acontecerem no mesmo horário.

3

TESOUROS PERDIDOS

Até bem pouco tempo atrás, quem vem pela Av. Cavalhada no sentido Centro-Bairro, ao chegar na sinaleira de conversão à esquerda para entrar na Santa Flora costumava ver o que eu chamava carinhosamente de “cortiço comercial“. E era exatamente isso, um conjunto de pequenos comércios mal acomodados em construções precárias de madeira, velhos galpões ou prédios de alvenaria visivelmente sem nenhuma infra estrutura. Passada aquela esquina, já na Santa Flora, na esquina seguinte também à esquerda, se via uma casa muito antiga, num terreno enorme, há muito abandonada e colocada à venda.

Dia desses, passando por ali com a filha, observamos que tudo que havia naquela quadra não há mais, e a largura dela já está devidamente cercada daquele jeito (com tapumes) que a gente sabe que é a maneira como o pessoal das construtoras já vai informando que daqui a pouco estarão ali trabalhando. Muito provavelmente um condomínio de apartamentos, que será caro, mas que já nascerá prejudicado pelo barulho do trânsito da Cavalhada e da Santa Flora, sendo que nesta última passam pelo menos duas linhas de ônibus e pelo menos uma de lotação.

Enfim.

Quando aquele empreendimento estiver erguido, desaparecerá a única visão que ainda tenho, do janelão da sala, de um pequeno trecho da Av. Cavalhada, justamente a esquina com a Santa Flora. Também desaparecerá a vista do shoppingzinho que tem antes da curva, lá adiante . O novo empreendimento, quando erguido, se juntará aos outros prédios mais distantes, lá na Otto, que me tiraram uma parte da vista do morro , e aos bem aqui da frente, que me tiraram parte da vista do pátio da Trevo, do Hospital da Brigada, do Tumelero Zona Sul, e principalmente uma boa extensão do Guaíba  e ainda mais especialmente do por do sol, do qual agora só tenho as centenas de imagens de todas as fotos que eu e a filha tirávamos antes de as torres serem erguidas.

2

DISPARADO

O tempo passa muito depressa. A gente nem vê. Só depois é que nos damos conta, às vezes.

Parece que foi ontem que entrei no consórcio para a troca de carro, mas nesta semana deverei estar pagando a 14ª parcela. Bah, eram 100, no início, se pensava, leva uma vida para pagar, mas uma vida também passa depressa.

Nesse meio tempo muitas coisas aconteceram. Algumas deram certo de imediato, outras agora é que começam a se ajeitar, e enquanto iam se ajeitando o tempo foi passando e bem ou mal o plano foi seguindo em frente.

É a roda do tempo, que não para.

1

MELHORA à VISTA

Aos poucos (mas muito poucos, mesmo) vou começando a pegar a manha de como funcionam os aparelhos de ar condicionado que coloquei em casa no ano passado (ía escrever como “raciocinam“, de brincadeira, mas não quis arriscar).

Há algum tempo tentei usá-los para aliviar o meu lado com relação ao frio intenso. Coloquei-os na condição de aquecimento e regulei a temperatura para 26º. Não funcionou com nenhum dos dois. Ou eu não funcionei com eles, sei lá. Achei que roncaram muito, demoraram demais para fazer efeito, enfim, alguma coisa deu errado. Fiquei muito surpreso com a reação do da sala, porque no Verão ele funcionou como se fosse um canhão de gelo, mal era ligado e já refrescava todo o ambiente. Achei que faria o mesmo ao contrário, esquentando a sala tão logo fosse acionado, mas não foi assim que se comportou.

Ontem à noite, no horário do Bate-Bola, estava muito, muito, muito frio, e como só pego a TV COM no quarto, por causa da anteninha interna, tinha que ir para lá e a sensação térmica estava nada amistosa. Então decidi ligar o ar do quarto. Não lembro quando o fiz, mas a temperatura estava regulada para 23ºC, e ele funcionou perfeitamente. Esquentou o quarto aos pouquinhos e era bem perceptível a diferença quando eu saía para ir ao banheiro ou vir à cozinha. Uma loucura de bom. Até pensei em dormir com ele ligado a noite toda, mas achei melhor deixar este pequeno privilégio para os dias de levantar cedo.

Em compensação, para acabar com o sofrimento da friagem da sala durante a semana, enquanto vejo filmes (porque mesmo colocando um cobertor por cima quando saio da frente da televisão, durante os intervalos é um horror), vou fazer no aparelho de lá a mesma regulagem do quarto, para usá-lo naquelas duas horinhas em que fico olhando filmes.

Se der certo, metade dos meus problemas de Inverno estarão resolvidos.


Your Comment