RSS

Dia 217 – 2012

sábado

Horário da Postagem

07:01

Mais um dia de amanhecer nublado com previsão de chuva, quase parecido com os anteriores, mas naqueles não havia previsão. A temperatura deu uma recuada, com 16ºC às 6:26.

4

 SORTUDO AZARADO

Por conta da rateada que dei na marcação de um dos volantes de apostas da Lotofácil eu sabia que teria que voltar a fazer renovação de fé ontem, porque a alternativa (concorrer com duas apostas a menos por mais 11 sorteios) me seria enlouquecedora. Não tenho por que não reconhecer que este tipo de reação praticamente caracteriza uma crise de abstinência de um vício, e jogar vicia. Menos mal que meu vício está sob controle: me atenho apenas à minha aposta normal, não fico investindo mais tempo e dinheiro em marcações de volantes diferentes das que já aposto. Diga-se de passagem, depois da mudança na quantidade de sorteios mensais o valor que eu apostava normalmente diminuiu em R$ 20,00, e a diferença não foi reinvestida em jogo. Aliás, nem sei por onde ela tem andado.

Uma grande ironia aconteceu pelo fato de aquele volante com duas apostas que fiz sem teimosinha ter acertado 11 números no único sorteio em que estava valendo, ou seja, recuperou os R$ 2,50 de seu custo. Tivesse acertado 11 também na outra aposta (o que já me aconteceu várias vezes) e eu teria lucrado 100% do valor da aposta. Esta é a graça de se apostar. Não tem investimento que dê 100% de retorno de um dia para o outro.

Infelizmente, para mim, ontem havia aquela fila que eu consegui evitar no dia 31, mas foi pena eu não ter visto lá mesmo, na lotérica, que havia alguma coisa errada com aquele volante. Teria me poupado um problema.

3

 SÓ PELA COMODIDADE

Como nos útimos tempos venho me sentindo meio perdulário, e aproveitando o embalo das férias, passei numa loja do Barra onde outro dia havia visto um saca-rolhas com detalhes em madeira, daqueles que a gente depois levanta os braços e a rolha sobe que é uma beleza. Chega de fazer força com saca-rolhas de pobre.

Para quem só bebe vinho barato misturado na Pepsi, dei uma de muito metido, porque o saca-rolhas novo custou R$ 73,00, parcelado em duas vezes pelo Banricompras.

Depois de exercer aquela frivolidade, fui até a Saraiva, ver se encontrava alguma coisa interessante em termos de seriados em dvd, mas não me animei com nada que vi ali. Mesmo séries que eu gosto, como Fringe e House, não me chamaram a atenção. acabei indo até a Fnac, onde encontrei a 8ª temporada do Stargate SG-1 por R$ 49,90, mais barato que na Saraiva (já tenho até a 6ª), e me parece que foi a última com a participação do Richard Dean Anderson, e dois livros o (finalmente) Quem Mexeu no Meu Queijo e o Mulheres São Loucas, Homens São Estúpidos.

Vão os dois para a pilha dos que estão ali ao lado do micro, na sala de casa, e nas férias vamos ter vários encontros, todos eles, e eu.

2

DE NOVO SIM, DE NOVO NÃO

Dentro da loja do Big, decidido a não abusar do saldo do cartão alimentação, mas pensando na isenção do estacionamento, nas férias que começam hoje e num futuro próximo, comprei um rolo de 50 sacos de lixo, um pacote com 12 rolos de papel higiênico Neve e mais um faro de leite longa vida desnatado Bom Gosto, que estava em oferta por R$ 1,49 o litro. Não precisava comprar, mas com aquele preço e com aquela validade (Nov/12) não poderia deixar passar.

Comprei dois sanduíches de baguete para fazer de almoço, mas 0 pão estava muito novo, durinho, tive que comer devagar. O que ajudou foi que a fome estava quase me matando Comi com cuidado e carinho, pensando em evitar de o bracket problemático virar de novo ao contrário. Demorei, mas alcancei o objetivo.

1

FUJÃO

Ontem foi a vez de o filho me esperar na saída do trabalho. Queria dar uma investigada dentro do Santa (o que eu ainda não havia tido a chance de fazer desde a noite de quinta, quando a mãe ligou lá para casa) para ver se encontrava o celular dele (na vez anterior foi o da nora que havia escorregado para debaixo do banco de trás).

Nem precisou investigar. Só puxou o banco do carona para a frente e o pegou, estava, também, no findo do banco. Segundo ele, a culpa era do bolso folgado da calça.

Então tá, né?


Your Comment