RSS

Dia 218 – 2012 / Semana 32

domingo

Hora da Postagem

12:59

Dia nublado, com previsão de 2 mm de chuvas para Porto Alegre. A temperatura continua apresentando queda, com 12ºC lá fora e com totalmente fora da casinha 21,7 no termômetro de parede (este vai galopar para baixo, daqui a pouco, ele é lento para reagir a mudanças bruscas, tanto para cima quanto para baixo).

4

ALVO ERRADO

Primeiro dia das férias.

Um primeiro dia do que ainda não é, porque é o dia da minha folga 1, por ter trabalhado ontem.

Sobre ontem, há algumas coisas que ainda podem ser ditas. A mais curiosa delas diz respeito a uma ligação que entrou por um dos números da Central de Atendimento da Procergs, um número que geralmente apenas os clientes corporativos de algumas secretarias de governo, para atendimento a sistemas (outras secretarias entram por outros números e há mais dois números para atendimentos diferenciados para determinados tipos de clientes). Ou seja, não é um número particular.

Pois naquela ligação uma pessoa entrou chorando (ou, melhor, fingindo chorar0, dizendo que era a minha filha (ela não dizia o nome, só dizia “tua filha’), que havia sido assaltada, e que precisava de ajuda.

Imediatamente reconheci a falcatrua que o pessoal dos presídios fazem para arrancar dinheiro de gente assustada contando justamente com isso, que o pessoal vai perder a calma. Então, não só a ligação estava entrando por um número que não poderia como (pior para eles) eu estava com a filha no MSN naquele exato momento.

Como a pessoa viu que eu não estava caindo no conto, uma outra pessoa (agora um homem) pegou o telefone e perguntou se aquele número não era do seu Aílton, e quando eu disse que não havia ninguém com aquele nome no local o sujeito me mandou longe e desligou. Daí se entende por que de vez em quando entram umas ligações que caem depois que a gente se identifica: eles ligam para saber o nome de quem atende e desligam em seguida, muitas vezes entendendo mal o nome de quem atendeu a chamada. Provavelmente foi isso que aconteceu, por isso o chute foi de um nome parecido com o meu.

Os presidiários que fazem isso, mesmo que não sejam apenas eles que o façam (porque nada impede que os bandidos que estão soltos também tentem o golpe) se acham espertos, mas não passam de um bando de otários. Para começar, se não o fossem, não seriam bandidos.

3

MUITO FRACO

A TVCOM não vai transmitir todos os jogos da Copinha da Federação Gaúcha (em 2012 com o nome de Copa Hélio Dourado, em homenagem ao ex-presidente do Grêmio nos anos 70, ainda vivo), mas ontem fez um trabalho especial, segundo no narrador Gustavo Manhago. A ideia da emissora é entrar com transmissões mais adiante, nas fases decisivas da competição.

O jogo era em Porto Alegre, no estádio do Passo D’Areia, do Esporte Clube São José, e o Zequinha enfrentava o Grêmio B, treinado pelo ex-jogador Mabília, e que contava com nomes conhecidos do grupo principal, como o goleiro Busatto (agora reserva imediato de Marcelo Grohe), os meias Felipe Guedes e Felipe Nunes, o zagueiro Douglas Grolli e o atacante Mithyuê, junto com uma garotada nova que está despontando nas categorias de base.

O São José contratou o veterano técnico Badico, montando um time já pensando no Gauchão de 2013.

O estádio estava praticamente vazio e havia mais torcedores do Zequinha que do Grêmio. Misturado a estes, o assistente técnico Roger Machado, ex-lateral gremista e olheiro de Luxemburgo para avaliação do grupo gremista.

Bom, olhando a partida, na qual o Grêmio saiu ganhando e depois levou uma virada, perdendo de 2 x 1, comecei a entender o por que de o Vanderlei não aproveitar alguns daqueles nomes no time principal. Para começar, nenhum dos dois Felipes está jogando absolutamente nada. Nem vale a pena analisar o restante. O Busatto vai se queimar naquele time.

Considerando que o Grêmio e o Inter B estão na mesma chave, não me pareceu que será desta vez que o Grêmio vai conseguir conquistar o bi da Copinha. O título único é de 2005.

Faz tempo.

2

TRÊS em UM

A classificação do Brasil para a próxima fase do torneio olímpico foi o típico caso de venceu mas não convenceu. Não importa que Honduras não tenha tradição no futebol, os caras incomodaram muito.

E o goleiro Gabriel, pelo amor de Deus, o Mano vai ter que dar um jeito.

À noite, em Barueri, o Inter até passou um pouco de trabalho, mas o Palmeiras (mesmo que Valdívia tivesse podido jogar) é um time ridículo. O Luiz Felipe que se dá tão bem com o regulamento das competições de mata-mata não tem o mesmo relacionamento com a regra dos pontos corridos. Ou o time dele não tem. Seja como for, o Verdão segue na linha do rebaixamento.

Mais tarde, Portuguesa 2 x 0 Figueirense foi um jogo que demonstrou claramente que o problema do Atlético/GO estava muito menos nos jogadores do que no trabalho do técnico Hélio dos Anjos, que até agora não ganhou nenhuma partida no comando do Figueira.

Não vai durar muito.

1

FOLGA 1

Hoje fui obrigado a retomar a rotina de fazer comida.

Salada de maionese, filé mignon descongelado (e ainda não sei direito o que vou fazer com ele, em sua totalidade), feijão, arroz, tudo coisa mais ou menos macia, sempre levando em conta que agora estou tendo definitivamente um problema com aquele bracket do aparelho ortodôntico, que agora soltou de vez.

Como já tinha escrito antes, estou completamente descompromissado com horários, a não ser pelo jogo do Grêmio, às 16:00, e pelo Sala de Domingo às 13:05. Mas de manhã cedo nem por decreto eu fiquei desperto a partir das 6:28, quando o relógio de pulso tocou. Só saí da cama perto de 8:30.

E ficou de bom tamanho.


Your Comment