RSS

Dia 244 – 2011

Horário da Postagem

12:53

Dia ensolarado, com algumas poucas nuvens que ainda não caracterizam uma parcial nebulosidade. A temperatura segue em baixa. Na parede, o termômetro que já andou na casa dos 16, agora assinala 17,1ºC.

4

ACABOU

Está decidido: não vou esperar até o dia 10 para acabar com o último impecilho ao meu progresso material e restabelecimento das boas relações do meu saldo bancário com as minhas contas: até o final do dia estará resolvida a questão do Acordo Alfa.

Inclusive será retirada hoje mesmo da página a contagem regressiva que começou em fevereiro, tratando do prazo para este problema.

3

AGORA É

Naquele que, agora sim, deve ser o último dia da greve dos trabalhadores da Procergs, só vai ter ação daqui a pouco, às 14 horas, com a segunda rodada de mediação pelo TRT.

Como a programação seria apenas fazer número na frente da empresa, com tudo que tinha para fazer em casa optei por não ir ao piquete. Um dos amigos ligou e confirmei para ele que não iria, talvez (mas não há garantia) eu saia para participar da votação no final da tarde, mas tenho quase que absoluta certeza de que ela vai sair por volta das 18 horas.

Estou enlouquecido querendo rearranjar coisas, aproveitando os espaços que sobram nos outros dois quartos. 

 –

2

IMBATÍVEL

O último dia de Agosto teve 263 visitas. Ficou ainda longe dos 336 do dia 15, mas ajudaram a fechar o mês com recorde histórico e a meu juízo imbatível de 3.658 acessos.

Ainda no dia de ontem foi ultrapassado o antigo recorde anual de visitas, que era de 15.818. Em 2011, até agora, são 16.125 acessos, o que já me habilita a mudar a expectativa para o ano, que estava em 19 mil visitas. Agora ela é de 20.000.

Mas posso afirmar, sem medo de errar, que em nenhum outro mês, de agora até o final do ano, o número de acessos vai chegar perto do número de agosto. Aliás, me arrisco a dizer que em nenhum outro mês na história do “quem vai querer saber“, enquanto eu continuar postando, aquele recorde será batido.

É um recorde definitivo.

1

DESCOBERTA DOLORIDA

Da pior maneira fiquei sabendo, ontem, que os cantos do banco do motorista que foi colocado no Santa estão cheios de cacos de vidro quebrado.

Inadvertidamente coloquei a mão ali e corri com ela por dentro do espaço, para tentar tirar alguma sujeira e aí saí com o prejuízo de um dedo perfurado bem numa junta, pelo lado de dentro, local da mão onde jorra muito sangue. Para minha sorte, foi possível dar uma tapeada, porque sempre carrego pelo menos um rolo de fita isolante n0 carro.

Ficou só a dor, por enquanto.


Your Comment