RSS

Dia 258 – 2019 / Semana 38

domingo

Hora da Postagem

09h08min

Em Porto Alegre a temperatura mínima teve pequena elevação, variando entre 15 e 18°Celsius; o dia amanheceu com nebulosidade parcial, a predominância é do sol, e a chuva fica fora da expectativa da meteorologia; a velocidade média do vento volta a perder força, com movimentações entre 5 e 7 km/h; a temperatura máxima segue acelerada, na casa dos 29 a 30°; a umidade relativa também volta a acelerar, oscilando entre 92 e 94%. No momento desta publicação, 21°. Dados de aplicativos de clima para celular (Yahoo Tempo, Accu Weather, GoWeatherForecast, Tempo Agora, Radar Meteorológico).

Na sexta-feira, durante a caminhada da manhã por conta do piquete de greve, decidir estender a atividade até a subida da Borges no sentido Bairro/Centro, para ir a uma lotérica sacar meu FGTS. Enquanto estava na fila do caixa preferencial pela primeira vez fui contestado por um idoso mais idoso do que eu, que chegou depois de mim ao local. Tendo me visto de costas, com um gorro na cabeça, casaco amarrado na cintura, corpo esguio, ele não imaginou que pudesse estar falando com um também idoso, só que menos idoso.

Ele resmungou duas ou três coisas, que não entendi porque estava com fones de ouvido, escutando música no celular. Na sequência, a pessoa do caixa desviou os olhos de mim e chamou o outro senhor, mas eu não dei bola, me adiantei e disse o que queria. A mulher me olhou e perguntou se eu sabia que a Caixa estava fazendo depósitos do FGTS em contas poupança. Falei a ela que sou aposentado e sempre saco na lotérica.

Ela começou a sorrir e falou algumas coisas, que eu não entendi porque estava com fones de ouvido.

Minha conclusão: de alguma maneira que não consigo entender (mas supondo que tenha a ver com o hábito, agora, de caminhar e/ou fazer exercício no elíptico, aliados ao meu jeito de vestir) algumas pessoas podem pensar que não estão lidando com um idoso. Vou ter que começar a apresentar documento, será, para comprovar?

Era só o que me faltava.

Ontem, durante as leituras, passei por mais um trecho do livro A Tríade do Tempo, de Christian Barbosa, em que ele fala do planejamento e antecipação de atividades como formas de evitar o estresse. Então eu não estou nada errado ao vir todos os dias (tanto quanto possível) adiantar a criação do texto do diário do blogue, mesmo quando quase nada escrevo.

O mesmo se aplica ao hábito de já deixar engatilhado o parágrafo com a previsão do tempo. Se aplica ao fato de eu já deixar previamente agendada toda a tabela do Campeonato Brasileiro, e prontas todas as esperas possíveis, com datas e horários, para apenas preencher os resultados das partidas e publicar.

Este tipo de procedimento (adquirido por hábito) serve para qualquer atividade ou meta a serem executadas ou atingidas na vida. Não deixar as coisas para a última hora. Ganhar tempo é uma arte.

ǽ

Para a confecção desta texto foram descartadas nove tiras de papel de sobras de comprovantes de pagamentos de contas. Poderia escrever um pouco mais se já fosse discorrer sobre mudanças que se fazem necessárias com relação ao conteúdo do blogue (me referindo ao há muito tempo postado), mas há uma preparação psicológica a ser feita com relação aos dados estatísticos da página.

É devagar, mas a tendência é de que aconteçam.

Se quiser visualizar o quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment