RSS

Dia 274 – 2019 (4.151) (8.788)

terça

Horário da Postagem

06h38min

Em Porto Alegre o dia amanheceu ensolarado, sem expectativa de chuva; a velocidade média do vento se mantém estável, com movimentações entre 4 e 13 km/h; a expectativa é de que a temperatura máxima siga muito elevada, na casa dos 34 a 35°; a umidade relativa recua bastante, oscilando entre 78 e 87%; a temperatura mínima teve mais uma leve alta, variando entre 19 e 22°Celsius. No momento desta publicação, 21°. Dados de aplicativos de clima para celular (Yahoo Tempo, Accu Weather, GoWeatherForecast, Tempo Agora, Radar Meteorológico).

A decisão de rejeitar em bloco a proposta da empresa por conta da desproporção do pagamento de 70% das horas paradas pegou muita gente de surpresa, inclusive eu, mas eu era cotra isso desde o início. Pessoas que eu não via defendendo a manutenção da paralisação em troca de mais uma tentativa de negociação para melhorar aquela parte do acordo coletivo me surpreenderam.

E até eu concordei que um fechamento de acordo naquelas condições (com todas as perdas e alterações de direitos embutidas no processo) dificilmente me motivaria a descer no ano que vem para participar de outra greve. Do jeito que ficaria, seria mais fácil fazer o que fizeram os não grevistas: concordar com tudo, sem lutar.

Nós, os aposentados que ainda estamos lá, desta vez até lutamos por quem tem filhos na creche e vão perder o direito de conquistar os anuênios e/ou quinquênios que nós alcançamos ao longo dos anos (porque existe uma ameaça real perpetrada pelo governo do Estado para acabar com aqueles direitos).

Eu sou um dos que não se disporiam a descer para lutar por coisas que num futuro quase imediato já não farão diferença se existirem ou não, especialmente se pessoas que deveriam lutar para não perdê-las não têm coragem de fazê-lo.

Como no dia anterior, esta postagem foi produzida na noite do dia antes, porque eu preciso estar cedo no pátio da empresa para participar de uma assembleia, se bem que a de segunda pela manhã estava marcada para 9 horas e começou quase meio-dia (e a de hoje não deverá ser diferente, se a empresa apresentar alguma melhora na proposta a ponto de termos alguma coisa para decidir)

Ontem eu não li o jornal e hoje não há jornal para ler, então vou publicar o post do diário bem cedo, fazer o café com arena, depois deixo o carro no estacionamento do CAFF e faço caminhada antes de chegar no piquete. Mas para isso tenho que estar com este rascunho adiantado, digitalizado, só faltando a edição do quadro do tempo.

Se quiser visualizar as fotos do quadro do tempo sem edição acesse o link Quem Vai Querer Saber, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment