RSS

Dia 81 – 2013

sexta

Hora da Postagem

08:15

Mais uma vez a nebulosidade da madrugada se revelou muito menos do que parecia, quando o dia clareou. O céu está encoberto, mas a previsão de 1 mm de chuva está longe de se confirmar. Já a temperatura pode chegar aos 27 cogitados, uma vez que às 6:25 ela estava em 18ºC.

Na tarde de quinta, antes de começar a caminhar, fiquei pensando na rotina do exercício e vi que precisaria de mais de uma hora de música selecionada, já no primeiro dia.

O normal é eu fazer alongamentos já com a música tocando e em seguida começar a caminhada e fazer mais alongamentos logo que a esteira para. Com apenas uma hora na pasta para isso, não daria. Então acrescentei mais uma música. Deu certinho. E a experiência foi muito melhor do que eu esperava. As músicas que escolhi me passaram uma sensação ininterrupta de alegria e caminhar com alegria é outra história.

Hoje não sei se vou poder andar, porque tenho que ir ao Big sem falta, ao sair do trabalho. Mais tarde vou ter que dar uma saída para encontrar minha amiga Kelly, que vai estar na cidade neste findi, para fazer prova em um concurso. Vontade de andar na esteira não falta. Talvez não tenha tempo de escrever e publicar mais alguma coisa no blogue. Isso, sim, corre risco.

Ontem não desci para a confraternização com os vizinhos, como disse que não faria. Fiquei acompanhando as dificuldades do time do Inter contra o São Luiz. Por causa do horário da partida, fiquei escutando a rádio pela ferramenta maravilhosa que é a internet, já desde o final do jogo da Seleção Brasileira, que ficou no 2 x 2 com a Itália e escapou de perder. Ouvindo o Correspondente Ipiranga fiquei sabendo que a passagem de ônibus em Porto Alegre ficou arbitrada em R$ 3,05, a partir de segunda. Sobre as dificuldades do Inter, deu para ver que não está com aquela bola toda que dizem. Qualquer ferrolho bem montado por um time de jogadores com maior qualidade e a coisa pode complicar.

Depois do jogo , que acabou por volta de 21:30, dei uma lida e apaguei a luz às 22:00, algo assim.

Dormi bastante, mas na hora de levantar a sensação foi a mesma dos outros dias. Acordado desde pouco antes da hora, como sempre, a impressão que tenho é a de que não terei forças para sair da cama. Isso só muda (só melhora, melhor dizendo) depois que eu levanto e vou preparar o café. A preparação leva tempo suficiente para acordar de vez. Acho que tem o lado psicológico de saber que estarei de folga no sábado. Quando tenho que trabalhar é diferente. Será assim no domingo. Ainda mais que não vou poder dormir cedo, no sábado, porque o Grêmio joga às 21 horas.

Mas isso é assunto para outro dia.


Your Comment