RSS

Esperança Reacesa

DEU PARA o GASTO

Já faz algum tempo que se sabia que um dos irmãos Biteco (de Bitencourt) estava vendido para a um time da Alemanha. Como não se os via jogar, não se sabia qual, mas ontem se viu, e se entendeu por que já está vendido. Guilherme Biteco, lateral esquerdo de origem, mostrou que sabe jogar. Participou de dois dos cinco gols e colocou duas bolas na rede, por cima do gol.

Durante a entrevista após a partida fiquei esperando que alguém perguntasse ao Roger em que momento foi decidido trocar o esquema 4-4-2 pelo 3-5-2 e como ele conseguiu fazer um time que nunca jogou junto jogar tudo que o time C jogou (descontada uma certa fragilidade do time do Santa Cruz como um todo) no segundo tempo de ontem. Na comparação com o próprio Grêmio que levou a virada do Juventude no domingo passado, as mudanças foram de formação e  formatação do time foram radicais. É de se perguntar o por quê de este time de ontem não ter entrado antes.

Com três zagueiros (Gérson, Werley e Grolli), Roger liberou os alas (Tony e Guilherme), com o apoio de dois volantes (Ramiro e Matheus Biteco), indo ao ataque com cinco jogadores (Tony, Guilherme, Jean Deretti, Bertoglio e Willian José). Quando o Santa Cruz pegava a bola o Grêmio se defendia com cinco ou seis (os três zagueiros e os dois volantes quando o ataque era pelo meio, e mais um dos alas, quando era pelos lados). Para jogos do Gauchão, com esta formação, o Grêmio encontrou uma boa maneira de jogar, que é boa, mas não garante classificação.

O resultado aliviou um pouco a pressão sobre a questão da não classificação para as fases de mata do primeiro turno. Na verdade, esta parte não me preocupava (e não preocupa) muito, porque há um segundo turno. O problema é que também no segundo turno haverá prioridade para a Libertadores. O grupo principal ainda poderia participar das finais, mas para isso é preciso que o time C alcance a classificação. A menos que a intenção seja entregar o Gauchão de bandeja para o Colorado. Se é este o caso, então estamos nos preocupando em vão.

Como ninguém do Grêmio vai admitir esta hipótese abertamente, parece que vamos ainda ver outras atuações do time de faz de conta. Este time que jogou ontem, se repetindo no domingo, contra o Veranópolis, depende apenas de si, com uma vitória, para se garantir presença gremista nas quartas de finais do primeiro turno.


Your Comment