RSS

Fortaleza (de virada) 2 x 1 GRÊMIO (1×0) (8.821)

27ª RODADA do BRASILEIRÃO 2019 (60)

Depois do último jogo de preparação para o confronto da Libertadores da próxima quarta-feira, que terminou com derrota dos titulares no Brasileirão, é a vez de os reservas retornarem para defender as cores do clube contra um adversário que está no meio da tabela, livre do fantasma do rebaixamento e que tem como grande estrela (novamente) o técnico Rogério Ceni, que na somatória das passagens completa 100 jogos no coando da equipe. Entram na rodada ocupando a 15ª e a 7ª posições na tabela, por ordem de mando de campo.

Na ARENA CASTELÃO – 19.10.

17h

Formação que inicia a partida:

Phelipe Megiolaro (40); Galhardo (42), Paulo Miranda (28), David Braz (33) e Capixaba (29); Michel (5), Rômulo (13), Thaciano (16) e Luciano (18); Pepê (25) e André (90).

*

Primeiro tempo: o /Grêmio começa com alguma liberdade para trocar passes, mas com dificuldades de penetração. O Fortaleza se defende bem e especula em contra-ataques. Chute do meio da rua que Phelipe pega no meio do gol, aos 5. .Depois do gol sofrido o Fortaleza começou a sair mais, enquanto o Grêmio meio que se recolheu e passou a se defender e especular. O Fortaleza tem um jogador, Edinho, que está levando vantagem sobre a marcação de Juninho Capixaba. Giro de Gabriel Dias dentro da área pela direita que Phelipe pega no chão, no canto esquerdo, aos 22. .O Fortaleza começa a inverter a questão da posse de bola, que inicialmente era quase toda do Grêmio, e começa também a explorar a deficiência defensiva de Galhardo. O gol de empate aconteceu tanto por mérito do Fortaleza por seguir sempre atacando quanto por demérito defensivo do time reserva gremista. O Grêmio não consegue se impor no meio campo, com Rômulo e Luciano. Thaciano ainda não entrou no jogo e na frente apenas Pepê é jogador de velocidade. Juninho faz a gente sentir falta de Bruno Cortez. No segundo gol o cruzamento de Wellington em cima de Juninho não chegou a surpreender, mas onde estavam Galhardo e Paulo Miranda quando bola chegou na área? Inexplicável a agradável solidão em que estava Osvaldo, que fez o que tinha que fazer.

As equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: o Fortaleza recomeça disposto a sair para o ataque e começa pressionando. Jogada individual de Pepê entrando na área a dribles, e batendo forte para defesa importantíssima de Felipe Alves, aos 8; Everton dentro da área pela esquerda, vai quase à linha de fundo e bate cruzado para defesa de Felipe Alves no canto direito, aos 23. No segundo tempo o Fortaleza cedeu mais campo para o Grêmio, que no entanto não soube aproveitar. As mudanças de Renato melhoraram o Grêmio, mas as de Ceni também melhoraram o time dele.

Cartões: amarelo para André (3°) pela sequência de faltas, aos 28. Segundo tempo: Galhardo faz falta de cartão amarelo, sai reclamando, e por reclamação acaba levando cartão vermelho, aos 48.

Gols: Galhardo cobra falta da entrada da área pela direita, a bola à meia altura faz uma curva e dentro da pequena área Paulo Miranda de cabeça manda para as redes, aos 9; Romarinho cruza da direita, bola rasa que David Braz tenta tirar de cabeça, mas Wellington Paulista se antecipa e manda no canto direito de Phelipe, aos 34; Wellington Paulista cruza da direita, a atravessa a área por baixo, e Osvaldo vindo de trás sem marcação completa para as redes, aos 41.

Trocas: segundo tempo: Patrick (30) vem para o jogo no lugar de Michel, aos 16; Everton (11) vem para o jogo no lugar de André, aos 17; Tardelli (9) vem para o jogo no lugar de Luciano, aos 33.

*

O resultado mantém o Grêmio na 7ª posição, podendo cair mais um pouco até o final da rodada.

*

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (MTR/GO), auxiliado por Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Cristhian Passos Sorence (AB/GO).

Público: pagante 26.124; total 26.801; renda R$ 208.741.

Melhor do jogo: Osvaldo.

V= 31/ E= 18/ D= 11


Your Comment