RSS

GreNal 421

11ª RODADA do BRASILEIRÃO 2019 (38)

Depois das decisões da Copa do Brasil no meio da semana, quando ambos se classificaram para as semifinais, e pensando nas oitavas de final da Libertadores na semana que vem, os dois treinadores mandam a campo equipes praticamente reservas, com alguns titulares no banco, para preservar os grupos.

No BEIRA-RIO – 20.07.

19h

  INTERNACIONAL 11 GRÊMIO

Formações que iniciaram a partida:

INTER: Danilo Fernandes; Heitor; Emerson Santos, Cuesta e Natanael; Edenilson, Lindoso, Nonato e Guilherme Parede; Rafael Sóbis e Wellington Silva.

Técnico: Odair Hellmann.

.

GRÊMIO: Júlio César (22); Léo Moura (2); Paulo Miranda (28), David Braz (33) e Capixaba (29); Rômulo (13), Thaciano (14 ou 16), Luan (7) e Galhardo (42); Pepê (25) e Tardelli (9).

Técnico: Renato Portaluppi.

*

Primeiro tempo: começando com o Grêmio fazendo seu toque de bola, tentando propor o jogo. Rafael Sóbis lança Edenilson em velocidade, ele entra na área pela direita e bate cruzado para defesa milagrosa de Júlio César; no rebote Welington Silva bate à queima-roupa e Júlio César faz outra defesa milagrosa, aos 5. Depois de um início de algum predomínio técnico, o Grêmio começa a ceder espaços ao Internacional, que cresce na partida, enquanto o Grêmio segue com dificuldades especialmente na frente, onde Pepê, Tardelli e Luan ainda não entraram no jogo. Chute cruzado de Heitor na ponta direita, a bola ainda bate em Capixaba e Júlio César pega no chão, no canto inferior esquerdo, aos 36. Até não foi um mau primeiro tempo do Grêmio. Se não fosse o gol contra o empate ao final do tempo de jogo não ficaria ruim. O problema é que depois do gol sofrido o Grêmio não teve poder de reação.

As equipes voltam sem mais alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: .começando com o Inter tentando ampliar a vantagem no início. Chute cruzado de Rafael Sóbis da entrada da área pela direita para defesa de Júlio César no canto inferior direito, aos 3. O Grêmio melhorou depois do gol de empate, e o Inter demorou alguns minutos até se recuperar e entrar novamente no jogo. Pepê bate cruzado da direita, Danilo faz defesa parcial no canto inferior esquerdo, a bola volta para Pepê, ele corta para o centro e bate cruzado de pé trocado para nova defesa de Danilo, aos 47.

VAR: acionado para que o árbitro decidisse sobre os cartões apresentados no final da partida.

Resultado que não altera as posições dos dois times por uma noite, podendo ser alteradas ao final da rodada.

Cartões: segundo tempo: amarelos para Thaciano (3°) aos 30; Rômulo, por desinteligência com Edenilson, que também foi amarelado, aos 51.

Gols: Sóbis cobra falta de pé trocado na esquerda, nola aérea na área gremista, onde Paulo Miranda, voltando de muito tempo parado, cabeceia para trás, desviando de Júlio César, aos 21. Segundo tempo: cruzamento de Juninho Capixaba da esquerda, bola aérea na região da marca do pênalti, onde Luan sem sair do chão cabeceia para mandar a bola no canto superior direito de Danilo Fernandes, aos 25.

Trocas: Klaus vem para o jogo no lugar de Emerson Santos, que sai por lesão, aos 30. Segundo tempo: Everton (11) vem para o jogo no lugar de Galhardo, aos 14; Patrick vem para o jogo no lugar de Guilherme Parede, aos 19; Nonato sai para a entrada de Pedro Lucas, aos 34; Darlan (37) vem para o jogo no lugar de Tardelli, aos 34.

*

Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa/RS), com Rafael da Silva Alves (AB/RS) e Elio Nepomuceno Andrade Junior (AB/RS).

Público: pagante 33.958; total 38.201; renda R$ 1.697.655.

Melhor do jogo: Rafael Sóbis.

V = 20/ E = 13/ D = 5


Your Comment