RSS

- O DESAFIO da LEITURA

Quem Manda em Quem?

Dia 127 – 2022

Sábado

A BATALHA INTERNA

Vou bater de novo na tecla daquele palavrão do qual a maioria das pessoas foge apavorada. Vou mencioná-lo de novo, sem medo. Disciplina.

A maior guerra pela qual você passará está bem entre seus próprios ouvidos. Está em sua mente.

A mente é uma coisa muito poderosa. Tem uma vantagem tática sobre você o tempo todo. Ela sabe onde você não quer ir, então ele o guiará para longe disso. E é por isso que a mente sempre vencerá. Até você reprogramá-la. Você tem que descobrir uma maneira de reprogramar sua mente para sair da caixa. O que quer que minha mente diga que eu não quero fazer, percebo que devo fazer isso.

Os grandes fazem coisas quando nem sempre querem. E essa é a separação. Sem disciplina você não é nada. E disciplina é fazer o que você odeia fazer, mas faça como se amasse. Porque realmente, a única pessoa com que você está lutando todos os dias é você mesmo. Não é seu chefe, não é isso ou aquilo. Sim, esses são todos obstáculos, muitos deles, e você não pode controlá-los.

Mas pode se controlar.

Temos que recuperar o controle de nossa mente. Como você ganha força mental, como você se torna a pessoa que você quer ser, está constantemente enfrentando as coisas que você não quer enfrentar. A única maneira de algo ser realizado, você tem que trabalhar duro. Você tem que treinar seu cérebro fazendo coisas que o deixam desconfortável de forma consistente para construir essa mentalidade de que quando as coisas ficam difíceis não nos esquivamos, não desistimos, nós atacamos.

Para encontrar a verdadeira paz permanente, primeiro você deve passar pelo sofrimento. Você deve ir para o lado escuro de quem você é. Todos os dias exijo mais de mim mesmo do que poderia eventualmente gostar. A questão é que não compito com outras pessoas; eu compito com o que eu sou capaz. E é assim que você tem que manter sua mente. Você tem que visualizar literalmente a conexão entre o que está fazendo no dia a dia com o que está querendo.

Olhe para as paredes que o cercam e observe se está chegando onde quer ir. Como você quer ser daqui a 10 anos? Como você quer que sua conta bancária seja? Como você quer estar fisicamente daqui a 6 meses? Ou daqui a um ano? Você tem que ligar os pontos. Tem que se lembrar de que essas pequenas coisas que você faz vão levar às grandes coisas. Você acha que está dando tudo, só que não.

Se você acha que está trabalhando duro, pode não estar trabalhando duro o suficiente. Você sempre pode fazer mais. Você sempre tem outro equipamento, outro nível de desempenho a alcançar. Você sempre pode se esforçar um pouco mais para levantar um pouco mais cedo e trabalhar um pouco mais. Seja o que for que você queira a mais, tem controle total sobre se você consegue ou não. As pessoas não têm limites.

Colocamos limites em nós mesmos.

Como sugestão de leitura, deixo o livro de Anthony Robbins, Poder Sem Limites, que pode ser acessado aqui.

E se este post fez algum sentido para você, compartilhe-o com seus amigos, convide-os a visitarem. Deixe seus comentários e sugestões para temas. 

Obrigado.


Your Comment