RSS

Sem Dúvida

FUTURO TURVO

Sei que em boa parte das vezes sou muito crítico, e algumas pessoas não gostam disso. Mas ontem mesmo, ao longo do da manhã, no trabalho, quando questionado sobre o que eu achava do jogo da noite, meu nariz torcido contrariava alguns colegas. Talvez meu problema seja o de não acreditar em pensamento mágico.

Eu achava que um empate no Pacaembu já ficaria de muito bom tamanho. É pior perder para um time que é o atual Campeão do Mundo, Campeão Paulista, Campeão da Recopa, do que para o lanterna do Brasileirão. Quem perde para o Náutico (que mesmo com a vitória continua em último) abre os olhos para ver que alguma coisa está errada.

A desculpa de que o outro time é quase imbatível serve apenas para tentar mascarar alguma coisa que não vai bem, isso, quando as pessoas enxergam que a coisa não está boa. Se não enxergam, a tendência é de que se fique no pensamento de que do jeito que está é possível superar outros adversários não tão multicampeões, mas não é assim que funciona.

Neste momento eu também acho que o Inter é favorito para o GreNal. O Grêmio chega lá com a casa bem mais desarrumada, e não é -por causa das possíveis ausências de Zé Roberto, lesionado, ou de Vargas, que poderá ser suspenso hoje por causa da expulsão no jogo contra o Botafogo, além de ter sofrido entorce no tornozelo, na quarta. O time gremista está torto, e não será nada fácil desentortar.

Além de Renato não estar conseguindo dar à equipe uma cara de time, o Grêmio tem mais um problema. Precisa de um lateral direito bom, porque o Pará não dá. Muito fraco.

Para o clássico de domingo, Dida, Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Souza, Riveros e Elano, Barcos (eu preferiria Vargas) e Kleber pode ser uma boa formação para começar. Mas eu também queria Maxi Rodriguez pelo menos no banco, só que não é possível, a menos que ou Barcos, ou Vargas, fiquem de fora.

Se o GreNal arruma a casa, o Inter está muito mais perto de conseguir isso, aliás, a casa colorada não está desarrumada, só levou um sacode, porque com a chegada de Alex, D’Alessandro já tem um substituto à altura. Vai deixar de ser uma relação de dependência, ao contrário do Grêmio.

O Inter é favorito.


Your Comment