RSS

Uma Mudança

CRIANDO um HÁBITO

Outro dia escrevi aqui que pensei numa estratégia para me forçar a não perder o foco pensando em televisão quando estiver em momentos de leitura. Este tipo de pensamento em geral ocorre quando estou fazendo algum tipo de exercício físico. Acontecia muito quando eu estava na esteira, e agora rola quando estou no elíptico.

A ideia que tive foi bastante simples: a televisão é uma coisa que eu gosto muito. Para não ficar pensando nela de maneira excessiva quando estiver fazendo leitura, preciso levar em consideração duas situações: primeira, que não é minha intenção parar de olhar televisão. Sou apaixonado por séries, não tem como eu largar um vício tão bom. Mas eu posso tentar diminuir um pouco o tempo que passo envolvido com ela.

Para isso tenho alternativas. Uma delas é zerar o HD da NET, o que tenho quase conseguido fazer.

Uma outra é a segunda situação a que me referi antes. Colocar no lugar da sensação de falta de tempo de televisão alguma outra coisa que eu goste muito e que me prenda com o mesmo apelo da tevê. Para minha sorte tenho isso sobrando dentro de casa, que são as revistas de palavras cruzadas e de desafios de lógica, da Coquetel.

A ideia, então, é de que quando estiver lendo e começar a me dar a sensação de abstinência de televisão (o que começa a me deixar agitado e faz perder a concentração) eu largue a leitura e vá resolver um problema de lógica ou faça palavras cruzadas. Depois posso voltar à leitura.

Sempre lembrando, isso é apenas para que eu diminua um pouco o tempo de televisão e aumente o de leitura. A decisão está tomada, a estratégia montada, só falta acertar um momento para começar a implementar, o que pode ser a qualquer momento.


Your Comment