RSS

Vasco 1 x 3 (de virada) GRÊMIO (1×2) (8.839)

29ª RODADA do BRASILEIRÃO 2019 (63)

Ainda em busca de reabilitação que minimize o fracasso na Libertadores, o Tricolor vai ao Rio com nada menos do que 8 desfalques para tentar uma vitória desta vez enfrentando um time que vem em franca recuperação desde que a comissão técnica de Vanderley Luxemburgo assumiu o comando. Entram na rodada como 7° e 11° colocados.

Em SÃO JANUÁRIO – 23.10.

21h30

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor; Léo Moura (2), Paulo Miranda (28), David Braz (33) e Cortez (12); Michel (5), Rômulo (13), Thaciano (13) e Tardelli (9); Everton (11) e Luciano (18).

*

Primeiro tempo: o Grêmio tenta sair atacando, mas é o Vasco quem chega na área gremista no início, com menos de um minuto. Estava para escrever sobre os problemas defensivos causados pelo desentrosamento do time gremista quando aconteceu o gol. Infelizmente Paulo Victor falhou. Ao que tudo indica o meio campo com Rômulo e Michel não funciona, porque nenhum deles é armador. O Vasco está muito perto de marcar um segundo gol. Chute cruzado de Luciano do meio da rua que Fernando Miguel defende em dois tempos, no canto esquerdo, aos 26. Depois do gol marcado o Vasco meio que se retraiu, dando a bola ao Grêmio e jogando em espera. O Grêmio passou a frequentar um pouco mais o campo adversário, mas sem qualidade (e sem sorte) nas finalizações. Continuou sem armação, o que também colabora para o fracasso na primeira etapa. A solução com Michel e Rômulo não deu certo, tendo por consequência a substituição ainda no primeiro tempo, o que não é normal no histórico do treinador, que logo depois se viu obrigado a queimar mais uma substituição, desta vez por lesão, ainda no primeiro tempo. Ao final da primeira etapa pela produção das duas equipes o Grêmio poderia já ter virado o placar. O Vasco não jogou o suficiente para justificar alguma vantagem.

O Vasco volta com uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Vasco saindo para cima do adversário. O Grêmio voltou jogando bem mais em relação a si mesmo do primeiro tempo, e com isso voltou também jogando mais que o Vasco. O Vasco sentiu a pressão no segundo gol, com a torcida passando a vaiar, e depois do terceiro o Grêmio, que já tinha tomado conta do jogo, especialmente com Darlan no meio campo, passou a administrar a partida, enquanto o Vasco tenta esboçar uma reação. Gabriel Pec cabeceia na área gremista após cobrança de escanteio a bola vai no travessão e depois para as mãos de Paulo Victor, aos 28.

Cartões: amarelo para Michel, que chega atrasado em uma disputa de bola e acerta apenas o jogador do Vasco, aos 26. Segundo tempo: amarelo para Cortez, aos 24

Gols: Fred Guarín cobra falta de pé trocado na esquerda, chute cruzado rasteiro que passa por baixo da barreira e Paulo Victor falha, ainda toca na bola, mas não evita o gol, aos 9; Pepê pega a bola na intermediária, tira um adversário da jogada e bate forte de pé direito, mandando no canto inferior direito, aos 33. Segundo tempo: Darlan rouba uma bola no meio do campo, dá a Everton, pela esquerda, ele arranca em velocidade, vai cortando para o meio e quase na direita bate cruzado, bola reta, rasteira no canto inferior direito do gol de Fernando Miguel, aos 8; Luciano cobrando pênalti coloca a bola no canto inferior esquerdo, aos 22

Trocas: Pepê (25) vem para o jogo no lugar de Michel, aos29; Darlan (37) vem para o jogo no lugar de Thaciano, aos 37. Segundo tempo: Rodrigues (38) vem para o jogo no lugar de Léo Moura, aos 23.

O resultado faz com que o Grêmio passe a noite chuvosa no G-6, na 5ª colocação, podendo cair para 6º se o Inter vencer seu jogo na quinta.

*

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO).

Aos 20 do segundo tempo o árbitro assinala um pênalti em falta de Leandro Castan sobre Luciano, agressão que dispensou a ajuda do VAR.

Público: pagante 15.254; total 15.708; renda R$ 538.333.

Melhor do jogo: Everton.

V= 33/ E= 18/ D= 12


Your Comment