RSS

Você Sabe Aonde Quer Chegar? (Dia 171 – 2022)

Segunda

Então, supondo que a pessoa chegue na fase da aceitação da necessidade de algum tipo de mudança pessoal, chega também o momento de estabelecer para onde se quer que a mudança leve. Como sairemos do ponto/situação A. Qual será o trajeto até o ponto/situação B. E o mais importante: com o que queremos que o ponto/situação B se pareça. 

É aí que começam novas dificuldades. 

A maioria das pessoas vão concordar que já foi difícil pensar sobre e admitir que se queria mudar alguma coisa. Imagine ter que pensar em aonde se quer chegar. Há pessoas que não têm qualquer problema em estabelecer metas. Uma mudança é uma meta. Quase ninguém tem ideia de para onde quer ir. As poucas pessoas que sabem onde querem ir, além de traçar metas, se mantém em contato tanto com seu plano, quanto com a expectativa de execução e chegada. 

Estão bem conscientes de até onde querem ir, porque querem ir, e o que farão quando chegarem lá. Elas acreditam que vão exercer a mudança pessoal sem sombra de dúvida, e mantém um foco consciente na execução do plano. 

Isso está disponível para todos. 

– 

Toda e qualquer mudança pessoal é feita por etapas, até mesmo aquelas que são motivadas por ordem médica. A primeira dessas etapas é sempre – sempre – de negação. 

Todo mundo, eu inclusive, precisa de alguma mudança. Fazemos coisas, cometemos erros, sem perceber que os estamos cometendo. Quando confrontados, sempre negamos. Entretanto, a Lei da Atração funciona para todos, para tudo, a todo momento. Depende sempre do nosso sistema de crenças, aquilo em que acreditamos. E nós acreditamos em muitas coisas. 

Desacreditamos de outras tantas. Daquilo que para nós é acreditado ou desacreditado atraímos sempre um pouco mais. 

Atraímos coisas, fatos, pessoas e circunstâncias que confirmam aquilo em que acreditamos. Atraímos coisas, fatos, pessoas e circunstâncias que confirmam aquilo em que desacreditamos. Porque em todas essas coisas o nosso foco está. Portanto, se queremos mudar alguma coisa precisamos mudar nosso foco. 

Se eu sou um pacifista, em vez de agir contra a guerra, tenho que agir a favor da paz. É assim que as mudanças acontecem. 

Elas não vêm de uma hora para outra, nem vêm de fora para dentro. Precisam passar por etapas. A segunda delas é a aceitação. Aceitação da necessidade de mudança, aceitação de que chegou o momento de mudar, aceitação de que nem tudo em que acreditamos ou desacreditamos está certo, mas também nem tudo está errado. 

Temos que passar pela etapa de aprender a internamente administrar tudo isso. E depois chegar à etapa de aperfeiçoar nossas crenças no acreditado e no desacreditado. Isso tem que ser feito de maneira consciente. Só assim conseguiremos chegar a algum lugar. Inconscientemente será muito difícil promover mudanças, porque o inconsciente quer sempre nos manter confortáveis e em segurança. Por isso elas precisam acontecer lentamente, por etapas. 

E cada um acredita e/ou desacredita tanto em sua capacidade de mudar quanto no seu ritmo nesse processo.

Para ajudar na arrancada de seu processo de mudança pessoal clique aqui para adquirir este e-book por um valor praticamente simbólico.

E se este post fez algum sentido para você, compartilhe com seus amigos, deixe seu comentário e/ou dê sugestões sobre temas para postagem.


Your Comment






Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.